sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Administradores e Prostitutas de Luxo...


Nenhum Administrador vale as fortunas que recebe, nenhum homem ou mulher merece receber como contrapartida do seu trabalho, valores astronómicos que constituem custos empresariais gigantescos que se reflectem no custo final dos produtos ou serviços comercializados, prejudicando o consumidor. Pode-se suavizar o problema com os mecanismos de mercado, no entanto, nesta sociedade onde impera o capitalismo selvagem, os grandes grupos monopolizam o sistema.

Tal como os lucros astronómicos de grandes empresas são imorais, os salários gigantescos também o são.

Num raciocínio meramente hipotético, um administrador seria tão bom mundialmente que justificaria, imaginem, 10% do PIB MUNDIAL. Imaginem o paralelo com a Prostituta mais bela do planeta, a qual justificaria o sacrificio dos povos, para que os seus governantes gastassem parcelas elevadíssimas do PIB, para se saciarem e poderem sentir-se motivados para governar os estados.

Em suma, o Capitalismo que se instalou a nível planetário, constitui o pior momento histórico da Humanidade.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails