sábado, 1 de março de 2008

SÓCRATES - A FACE NEGRA DO NEO-LIBERALISMO!


A ausência de controle das entidades privadas que detêm o poder e as estruturas económicas e financeiras do país, levaram ao domínio do capitalismo selvagem, liderado pelos grandes grupos. O estado português, personalizado pelo primeiro ministro José Sócrates, demitiu-se das suas obrigações e da sua lealdade à Democracia.

Portugal é hoje um país devastado pela pobreza e pela miséria, nas suas mais diversas manifestações. Mais de 3.000.000 (Milhões) de pobres, mais de 500.000 (Quinhentos Mil) desempregados e cerca de 4.000.000 (Milhões) de portugueses, ex-classe média, que vivem pior hoje do que viviam há dez anos.

Portugal é governado por um governo com uma política de extrema-direita, refém das multinacionais e organizações financeiras e económicas internacionais. Portugal está refém dos grupos económicos que mantêm negócios de duvidosa legalidade.

Os deputados portugueses, na sua esmagadora maioria, são pessoas que nada têm a ver com os seus eleitores, foram eleitos para o cumprimento de funções de representação dos cidadãos, no entanto, há muito que esqueceram isso, julgam-se titulares de cargos por direito divino, vivem como se fossem cidadãos do país mais rico do planeta e apoiam ou silenciam-se perante as maiores atrocidades nacionais e internacionais. Portugal não tem oposição digna, na verdade, os deputados da oposição vivem no narcisismo dos seus discursos com fins meramente mediáticos. De facto, quase nenhum, age com a convicção de defender os direitos dos povos.

Lamentávelmente, a pretensa oposição que o não é, liderada por um ex-primeiro ministro falhado e por um "líder" partidário que envia recados pelos meios de comunicação social, não nos oferecem esperança de alternativas democráticas.

O Governo continua a envolver-se em negociatas pouco claras e continua a contratar consultor e mais assessores, familiares de familiares e de amigos de amigos.

Um país na rota dos países mais corruptos e pobres do mundo.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails